1 de dez de 2011

Pagando cuecão na loja!

Que tipo criança você era? Se é que você não é mais criança!
São tantas coisas nesta fase, não é mesmo? Aniversários (com ou sem convidados), dias que voam, dormir na casa de algum amigo, brincar na rua (tudo bem que hoje já não é mais assim) e desesperos que só seu pai ou sua mãe podem proporcionar.

Existe uma coisa igual para todas crianças: a dependência. E isto é uma arma que os pais não se dão conta!
Não estou sendo injusto e nem querendo abrir discussão desnecessária, mas chamar atenção daqueles pais que hoje já não se lembram mais de que passaram por situações 'complicadas' quando crianças.

Nem sei precisar a data, mas lembro-me bem de todas as vezes em que precisava comprar roupa. O fato é que eu nunca ligava pra isso, óbvio! Meus pais simplesmente me levavam ao shopping ou alguma loja e compravam roupas novas pra mim! Bem, isto é a visão por cima e muito geral. O objetivo deste post e deste blog é sempre ir mais a fundo nas emoções e sensações, não?

Vamos lá, então!
Mais especificamente quando eu tinha 10 anos minha mãe me levou ao shopping para comprar calça jeans. Oras, uma criança, não é mesmo? Sim, eu concordo. A primeira coisa que um pai ou uma mãe faz nesta hora é  falar pra vendedora que a calça é para o filho - como se fosse preciso desde que estávamos numa loja para crianças! 

Enfim, após escolhido o modelo a vendedora gentilmente me levou ao provador e coube a mim, sozinho, tirar sua roupa e experimentar a nova peça. Sim, isto é o que se faz. Mas, no meu caso, o que acontecia era um enorme desespero para trocar rapidamente e mostrar para minha mãe. A verdade é que eu queria trocar de roupa em 10 segundos, no máximo, dentro do provador.

Sempre tive esta preocupação e confesso que era muito difícil...impossível...não adiantava!
Eu nunca ia conseguir ficar pronto a ponto da minha mãe abrir aquela porra de provador comigo estando de cueca e a loja inteira me vendo naquela situação!