29 de abr de 2010

Xou de doenças

O ser muda conforme sua relação com o meio ambiente.
Seguindo este pensamento podemos concordar que nossas experiências - bons e maus momentos - são fundamentais para o desenvolvimento do nosso senso crítico.

Let's go!
Estudei de manhã quando pequeno. Por esta razão ficava radiante quando minhas férias chegavam. Claro! Eu ia acordar mais tarde, brincar o dia inteiro etc.
A real é que eu já estava acostumado a acordar cedo. Por que eu acordaria tarde? Lembro que acordava e tinha o hábito de ligar a televisão para assistir desenhos como qualquer criança normal.

O fato é que eu estava já começando a formar meu pensamento crítico e...o Xou da Xuxa esteve presente na minha infância! Eu era um "baixinho"!

Fenômeno da atualidade (de 1986 a 1992, sendo reprisado em 1993), a senhorita Meneghel animava as manhãs com brincadeiras divertidas, desenhos divertidos, roupas divertidas e ...personagens divertidos???

Sejamos sinceros...desde que fiz 18 anos parei para pensar na gravidade que era assistir o Xou da Xuxa. Pense bem...

Qual epidemia está assombrando o Brasil? Dengue.
O que a epidemia representa? Praga.
Calma! Não para por aí!!
O que representa a roupa das paquitas? Soldado de ferro.
Bons ajudantes de palco!

Agora o mais grave:
Quantas crianças podiam comer fruta na despedida? Uma. O resto que se foda!

Vou tentar ajudar a criar um programa infantil tão instrutivo quanto este. Já até pensei nos ajudantes de palco!
O Sífilis com sua roupa toda enrugada, o Caxumba Rouca e os secundários no palco, as Poliomielitizinhas.

Acho que a idéia é boa. Pelo menos está dentro do padrão...é que o meu senso crítico diz!
Obrigado, Xuxa!

27 de abr de 2010

É pra falar a verdade?


Pois bem...
Agora está na moda este negócio de twitter.

Desde sua criação em 2006 por Jack Dorsey, sua utilização tornou-se praxe para a maioria dos viciados em novidades cibernéticas e, acredite, as empresas abrem departamentos específicos só para trabalhar a imagem corporativa utilizando o "micro-blog". Na minha opinião, twitter é uma grande potência para utilização empresarial. Para quem conhece e já fez a utilização, reconhece.

Qual a finalidade do twitter? Para isso basta entender o slogan: "Discover what's happening right now, anywhere in the world". Algo como "Descubra o que está acontecendo agora em qualquer lugar do mundo". Entendeu? A proposta é boa. Você acessa seu perfil no twitter, escreve o que está fazendo no exato momento e seus amigos podem saber o que está se passando contigo. Criação de gênio. Palmas...muitas palmas para Jack Dorsey. "Quer mandar beijo para quem?", diria a Xuxa.

Vamos aos exemplos práticos (agora que começa a ficar interessante). Percebi que o pessoal anda mentindo sobre o que se passa no momento!


1) Você está passeando com sua namorada pelo centro da cidade e, de repente, uma pomba louca passa e dá aquela melecada na sua camiseta pólo recém quitada pelas prestações de R$ 9,90 que fez no cartão de crédito em 3 vezes. Neste exato momento sua namorada se afasta com nojo e fica rindo pra você morrer de vergonha ao lado dos paraguaios que tentam vender aqueles Cd's com músicas de suas flautas feitas de bambú. Simples, você pega o seu notebook ou smartphone, acessa o twitter e:

Era pra ser assim:
"Pombas merecem a morte...além de sujar meu carro cagaram em mim. Minha namorada está com nojo e eu estou fedendo"
Mas na verdade escrevem assim:
" Fala galera! Estou no centro, puta calor, mulher do lado e a natureza sempre comigo"

2) Você é um adolescente de 16 anos e está numa brinca. (Pausa para os mais novos: Brinca é tipo um baile às escuras, som romântico rolando e casais dançando coladinho - vergonha alheia!).
Você chega, olha pra aquela linda menina de cabelos cor de mel e olhos verdes: "Quer dançar, comigo?". Ela responde: "Já estou com o Paulão". Pronto, o mundo acabou...você está decepcionado e seu coração está partido. Você pega o seu notebook ou smartphone, acessa o twitter e:

Era pra ser assim:
"Brinca da Ritinha...vim pra tentar ficar com a Má e a única coisa que consegui foi encarar o Paulão"
Mas na verdade escrevem assim:
"Dançando e cheirando cangote. Paulão, é nóis!"

O twitter é uma grande ferramenta de informação. E decepção em alguns casos como você pode ter notado. Para quem gosta de internet, é bem interessante ficar colocando informações sobre o seu dia.
E eu achando que o que dá ibope é blog, não é justo!

24 de abr de 2010

Este carro é flex?


Lembro-me bem daquela tarde de sábado. Seu amigo é viciado em alguma coisa?

Estava muito quente neste dia. Ribeirão Preto tem o péssimo hábito de ficar mais quente que o suportável, é impressionante. Qualquer plano que você possa imaginar para se resfriar pode ser em vão. E qual a melhor idéia nesta hora? Tomar banho? Não. Refrigerante e gelo? Não. Cerveja trincando? Também não.

A idéia
Que tal visitar a exposição de Opala que tem ao lado de casa? Afinal, que tipo de homem sou? Robusto, decidido e dono da matilha...ou seja, de carro eu entendo. Eu sei onde é a porta, câmbio, volante, banco..não é tão difícil.

O Motivo
Meu amigo é apaixonado por estes carros. São carros imponentes, bonitos e o Opala dele parece que é "O OPALA" da cidade (veja foto). Motivo de orgulho pra mamãe e papai! Com certeza.

A Aproximação
Cheguei ao local com peito estufado querendo mostrar que ali entrara um homem preparado para qualquer pergunta do segmento e,como fiz bem o meu papel, ninguém perguntou nada. Fiquei ileso de mostrar tamanho conhecimento sobre carros! Enfim, pude chegar até meu amigo e parabeniza-lo pelo belíssimo carro. Carro não...Opala. Não chegue lá falando "carro". É como se falasse para um engenheiro que ele é meramente um pedreiro de calça social.

O Orgulho
Depois de colocar o papo em dia (aproximadamente 2 minutos)... pois sou macho robusto, decidido e dono da matilha, ele decidiu abrir o carro e mostrar o motor pra mim. Oras...claro...é um motor. Que conclusão mais poderia eu tirar?
De repente senti o ar ficando rarefeito ao meu redor. Olhei pra trás e já me preparei para a fuga ou para a luta...notei uma mini-multidão querendo ver o motor do Opala. Neste momento, segurei aquela cara de "Que puta radiador!"

A Retirada
Já foi em concerto musical? Não sabe a diferença entre sinfônica e filarmônica?
É...eu estava assim. Todos comentando até sobre os parafusos quem tem no motor. Eu simplesmente olhei para o lado e percebi o momento de bater em retirada!
Depois de muito fazer o estilo "sei de tudo", me despedi e fui embora feliz por ter passado a imagem de inteligente (pelo menos na minha consciência).

Foi uma tarde atípica e interessante. Com certeza.
Deixo aqui meus parabéns pela organização destes apaixonados por Opala.

O calor? Continuou o mesmo! Boa idéia.

21 de abr de 2010

E aí broto?


Das coisas que entendo como boas, poucas são aceitáveis. E não sei o porquê.

Tudo começou quando eu estava sentando entre amigos num bar da cidade. Era tarde, estava frio e a mesa repleta de gente se olhando e querendo que o garçom se ferrasse com os 10% pois não trazia a conta de jeito algum.
Nesta hora começou um debate na mesa ao lado sobre relacionamento. Óbvio, assunto corriqueiro e indiscutível! Parece futebol...você nunca tem razão e a opinião dos outros não é melhor que a tua. Mas, tudo bem...Aliás, parabéns para mim que prestei atenção em assunto alheio!

Percebi que a moça bonitinha da mesa ao lado falava que um possível "ficante" tinha se declarado com palavras românticas na noite passada. Enquanto ela falava, eu torcia pra ficar surdo repentinamente, é sério! O tom da voz dela era de sarcasmo. Pelo que entendi ela tava tirando onda com um homem que se declarou.
Enquanto ela falava e falava, notei que as pulseiras se debatiam por tamanho gesto que fazia com as mãos. O batom quase não dava conta de segurar todo o veneno que emanava daquela língua...
Eu gosto de maldade, mas ela estava dando razão pra eu ficar achar que o mundo está se apagando dentro dos humanos.

Repito: Das coisas que entendo como boas, poucas são aceitáveis. E não sei o porquê.

Tudo bem que eu não esperava que ela gostasse de coisas do tipo "Broto, te quero mais que chocolate", "Quer fazer um par romântico?", "Somos queijo e goiabada" e tal, mas também não precisa humilhar a sinceridade tão rara hoje em dia. Não se valoriza mais quem dá valor ao próximo?

NOTA: Se você for o cara que estou defendendo sem conhecer posso servir de prova. Sim, é uma vadia.

24/04/2010 - Muitas reclamações referente ao termo "vadia". Resolvi editar:
NOTA: Se você for o cara que estou defendendo sem conhecer posso servir de prova. Sim, é uma FANFARRONA.

14 de abr de 2010

Eu e meus brincos


Pois bem...
Agora está na moda este negócio de body suspension.

Muito amor e carinho. Isto é o que tua mãe te dá a vida inteira. Aí, um belo dia, com muito sol, pássaros a cantar em sua janela, a ultragaz passando com aquela musiquinha completamente alucinante, você resolve colocar um Piercing. Até aí tudo bem. Piercing é bonito. E mesmo em lugares diferentes, pode ser sensual.
A hora que você chega no trabalho, o pessoal olha e fala: "Nossa, que legal este piercing na testa". Ou seja, foi um sucesso! Todos adoraram o seu piercing e você está se sentindo o máximo!

O assunto de hoje é um pouco além do piercing. É considerado por alguns como um esporte.
É o body suspension. Isso mesmo...você vai deixar um pessoal furar tuas costas com meia dúzia de "mosquetões" - tipo esses de escalar montanha - e após vão te pendurar em fios de aço. Ah, detalhe...pelos mosquetões! Geralmente na parte de cima das costas.
De origem Indiana, nosso país acabou tomando conhecimento pelo paulistano André Mayer - o mestre dos piercings. O grande X da questão é o controle da mente e da dor.

Pausa: Hoje mesmo vou convidar meus amigos! Em vez de chamá-los para bater uma pelada, vou chegar dizendo "E ae cambada, vamos fazer um body suspension?"

Alguns estudiosos traçaram um perfil psicológico dos adeptos do body suspension. Acho que podemos definir estas pessoas de acordo com a crítica da própria população:

"...mas sabe o que eu notei? todos os caras e minas tem um traço de personalidade em comum.. sao todos afetados (nao disse q sao gays.. sao afetados).. todos tem problemas com os pais e familia.. todos sao tristonhos... todos sao não adeptos de drogas.. pelo menos foi o q o doc mostrou hehehe mas vc sabe né? doc é visao de alguem elevada a enésima potencia.."
Depoimento de Gabriel Perboni.

Gosto é gosto, não se discute. Mas gostar de coisa ruim é um pecado!
E eu achando que meus brincos são um arraso. Não é justo!

12 de abr de 2010

Mãe, me ajuda?


Se com garra você consegue tudo o que quiser, esteja preparado para os obstáculos que estão em seu caminho. Enfrente-os. Um bom conselho: Estude as possibilidades de você ganhar o desafio ou seja um idiota.

Baseado em fatos reais...

A pior coisa é quando um homem fica muito confiante sob alguns aspectos da vida. Mais especificamente no esporte.
Eu sou desses que praticam boxe. Esporte de contato. O boxe nos dá gás, controle sobre a respiração, ansiedade etc. Talvez o mais importante seja a capacidade de tomar controle em situações adversas.

Quinta-feira é dia de luta. Neste dia o professor coloca todos os alunos para treinar. O objetivo é que todos lutem com todos. É uma troca de experiência.
Os experientes pegam leve com os não tão providos de técnica e por aí vai...

Já ouviram falar de um homem confiante? Então...
O professor junta os mais experientes para lutarem entre si e, como não poderia deixar de ser, pegar mais firme. Quem está neste grupo? EU (Lembre-se que esta é uma história de como se sentir um idiota).

Depois de praticar com cerca de 5 bons lutadores, fui lutar com o "Pedreira" (para preservar a identidade do homem). O Pedreira já é matuto.
Ele é faixa preta no caratê...o que é minha velocidade perto dele?
Ele é mais velho...o que é meu conhecimento perto dele?
Ele é mais alto...o que é minha estatura perto dele?

Começamos o combate.
Logo percebi que ele queria mesmo é praticar esquiva e não estava soltando golpes firmes nem nada...estava de boa. Eu entendi e fiz o mesmo. Quase nem encostávamos o golpe. Coisa de gente organizada mesmo. Um luxo.
De repente, frente ao nosso combate organizado e lento, de forma sutil, amistosa e amorosa, encostei levemente minha luva no queixo dele pois o vi de guarda baixa. Assinei meu atestado de morte...
Acertar o queixo de um lutador é com o se você demonstrasse preconceito no meio da favela. Vem tiro na mesma hora.

Como um ato de revolta, ele começou a me acertar de todos os lados, formas e caras que podia! Sabe quando a sua vida passa em 1 segundo na sua mente? Tipo Ghost - Do outro lado da vida.

Quanto mais eu pensava, mais soco entrava na minha boca. A esta altura meus caninos só se importavam em morder o protetor bucal. Em um centésimo pensei: "Vou deixar de ficar só na defesa e dar uns golpes...do contrário vou ficar apanhando". Que idéia estúpida! Um soco meu era igual 15 dele. E o melhor era que quanto mais ele me acertava, mais eu ia caminhando pra trás. Eu queria andar pra trás? Não. O golpe dele me jogava!
Enfim...terminou o round.

Eu saí com aquela cara de cachorro quando perde o osso e coloca rabo entre as pernas. Meu pensamento era: "QUERO MINHA MÃE!". Era melhor eu ter continuado no mesmo esquema que ele esperando o round terminar lentamente mas, analisando melhor, preferi trair a confiança do Pedreira. Doce erro. Doce ilusão. Amarga derrota!

9 de abr de 2010

O Papa era Pop


Pois bem...
Agora está na moda este negócio de show acústico.

Meu telefone toca. São meus amigos chamando pra ir ao show dos Engenheiros do Hawaii.
Depois daquela época em que o Capital Inicial lançou o acústico MTV com participações especiais - destaque para Zélia Duncan (Dãããncan, como diz o Dinho Ouro Preto), o mundo musical deu um grande avanço. As rádios tão logo começaram a tocar coisas menos eletrônicas e pornográficas. Os aprendizes a João Bosco e Djavan colocaram corda em seus violões, fechavam os olhos e cantavam desafinadas músicas versão acústica para meia dúzia de convidados num churrasco com muita Cristal e coxão duro na brasa. E, como era de se esperar, os Engenheiros fracassados com a nova formação gravaram um...Quem arrisca adivinhar? ACÚSTICO!!
O resultado foi bombástico. Vendeu muito e o disco é realmente legal.

Quem nunca tentou cantar Infinita Highway sem errar a letra do meio pra frente?

Continuando...
Eu nunca fui de ficar agitado ou em estado de euforia por conta de um show, mas decidi que neste eu iria.
Chegamos. Estava lotado. A primeira noção de que eu acertei na compra do ingresso foi quando olhei pra trás e vi o pessoal que comprou a área VIP. Era um lugar afastado, lááá atrás. Pensei comigo: "- Idiotas...". Mas o mundo dá voltas...E como!
Continuei em minha peregrinação para ver o Humberto Gessinger (vocalista e líder da banda) comandando a banda e fazer o circo pegar fogo.

Eu, desde pequeno, conhecia Engenheiros. Um amigo do meu irmão emprestou o primeiro disco deles quando ainda era lançamento. Disco não, vinil! O Papa é Pop!

Obviamente eu esperava um loiro, alto e cabeludo a frente da banda. Qualquer um que gosta de Engenheiros esperaria a mesma coisa! Estávamos lá para curtir as músicas e contemplar a imagem que sempre fizemos do músico.
Depois de muita demora (esses músicos excêntricos), começaram uns sons pelo palco e a cortina queria se abrir. O povo ficou em êxtase. Todos gritavam a nome da banda.

Momento glorioso...
A cortina se abriu e vi o que nunca pensei em ver. Era um soco no saco. O rosto de cada serumano (como nos bons exames do ENEM) emanava um "que" de: PORRA!!! O QUE É ISSO?? TÔ NO SHOW ERRADO.
Sim, caro leitor...
Naquele dia o Humberto Gessinger decidiu passar a máquina na cabeleira e usar um moicano ridículo. Ou seja, você quase não vai em show e quando vai, seu ídolo resolve fazer uma surpresa que nem a mãe dele acharia legal. A única coisa que me consolou, foi o pessoal da área VIP ter uma visão panorâmica daquele cabelo a la ursinhos carinhosos. Não é justo.

7 de abr de 2010

O Requinte (aventureiro)


Café! Você gosta? Não sou fã, mas gosto. Não morreria pela falta de um.
É tradição entre fumantes, empresários, presidiários, engenheiros, traficantes, pós-dentes clareados etc. Ou seja, é global.
Há relatos de que um nobre pastor notou que suas cabras ficavam alegres e saltitantes após ingerir tal semente. Esta é só mais uma das várias formas da descoberta do café.

Se você está enquadrado como amante do café, me ajude! Por favor.

Eu preciso saber onde vende o "manual de boas condutas para apreciar um bom café em lugares públicos requintados". Em poucas palavras, não sei o que fazer com tanto acompanhamento. Let's try!!

Ontem minha amiga pediu um café no McCafé do NovoShopping. Ah, que delícia de cheirinho (o café. Mas ela é cheirosa também). Para quem aprecia, parece ser o momento mais gostoso de um fim de tarde com amigos.

Quando trouxeram o pedido dela até a mesa achei que tivessem errado. Ela pediu café! Sabe o que trouxeram? Um pedaço de chocolate, uma bandeja enorme, guardanapos e guardanapos, um copo desses de boteco com água tônica (???) e bem ali, no meio, sem vida, sem cor, o café.
É aí que entra o "manual de boas condutas para apreciar um bom café em lugares públicos requintados".
Primeiro começamos a tentar entender qual o motivo do chocolate. Dentre várias opiniões, sugestões e críticas, minha amiga arremessou o chocolate para dentro do café e....e....e agora? Ela num queria café?? Ou café com chocolate? Isso pra mim é capuccino ou coisa parecida. Que seja...
Depois desta intrigante ação de derretimento do cacau perante a alta temperatura do café (sensação térmica?!), fiquei observado que ela ainda ficava mexendo o café com a colher para misturar o chocolate. Virou uma zona...tão logo o café ficou com umas "manchas" de gordura! Que seja...

Ela terminou de tomar. Aí vem a segunda parte da aventura! O que fazer com um copo de bêbado cheio de água tônica? Se tiver com sede, beba água normal! É melhor.
Ninguém tomou. Eu experimentei para ver a sensação. Mas nada de novo. Era apenas um copo de bêbado com água tônica. Que seja...

Quando trabalhei numa empresa em que os funcionários consumiam café como verdadeiros apaixonados, notei uma simplicidade muito grande neste ato. Eles levantavam de suas mesas e bebiam café. Só. Pronto. Acabou. Nada de chocolate, guardanapos, colheres, águas especiais e glamour. Achei muito técnico tomar café no shopping.

Pausa para reflexão: Avalie a idade de seu parceiro de café pelo tempo em que ele consome uma xícara.
Vamos lá...
O café está quase que pegando fogo de tão quente e seu parceiro vira a xícara em menos de 20 segundos - mais de 50 anos. Caso assopre - entre 30 e 49. Mas se você é desses que não enche a xícara com medo de queimar a ponta do dedo, assopra com vergonha de fazer biquinho e ainda leva o café na sua mesa pra esfriar com o ar condicionado - entre 20 e 29.

CalaFRIOS


Pois bem...
Agora está na moda este negócio de sensação térmica.

Esses dias pedi um guaraná para comer um delicioso e suculento lanche do Mau-Mau. Até aí, normal. Nada fora do contexto. Enquanto meu pedido não chegava, resolvi assistir o famoso Willian Bonner (Sim, de novo. É sempre ele), dissertar sobre o clima. É sério, minha cabeça virou um rolo...vou tentar explicar o porquê.
Durante a reportagem disseram que o clima em Curitiba estava 8º C com "sensação térmica" de 3º C.
Sinceramente? Até então a vida era simples. Você acordava no frio, colocava roupas adequadas e se informava sobre o clima. Caso este estivesse em 8º C você não falava nada. Aceitava e pronto. Mas nãããão...agora inventaram a tal da "sensação térmica" e você está fadado a ter que fazer contas aritméticas para descobrir quão frio está.
Agora o mais importante: POR QUE???

Fico pensando, de modo escalonado, como é o frio no Pólo Sul. Imagine só, se lá chega a -15ºC, você pode ter sensação térmica de -152º C. Como ainda existe vida lá?
Fico pensando, de modo escalonado, como agir com os debilitados. Imagine só, chega um enfermo com muita febre e o médico afere a temperatura do pobre coitado e dá 40ºC. Febre alta! Alta? Ele está morrendo! Lembre-se febre de 40ºC e sensação térmica de 64ºC.

Quando estou com frio acredito que a temperatura é aquela e pronto. Eu num sou muito de contas e álgebra..preciso fazer contas pra saber se estou com muito ou pouco frio? Não é justo.

6 de abr de 2010

A Paixão de Crist...Rudy

Ela estava lá esperando por mim. Sentia uma dor imensa por ter trocado o certo pelo duvidoso (guardem bem esta palavra). Me preparei como um verdadeiro macho alfa que sou. Sim sim..eu estava apaixonado.
Tomei o melhor banho da minha vida. A bucha quase arrancou pedaços de pele de tanto que esfregou no meu cotovelo! Eu estava lindo, cheiroso e...
- O que são estes pelos no meu rosto?? (Pensei) Que barba horrível! Assim ela num vai me querer.
Eis que, num movimento brusco arranquei uma lasca desgraçada do meu lábio superior e tive que estancar o sangue...Puta que o pariu duma lâmina afiada do caramba! Tinha estragado o momento que tanto esperei. Mas tudo bem. Eu sou um macho alfa e dor para um lutador como eu não é nada.
Cheguei. Com lábio sangrento, beiço inchado, roupa bonita e um sorriso maroto.
"- Oi", ela disse. "- Oi", retruquei. Conversamos por um bom tempo. As duas amigas que estavam na mesa nem se meteram no nosso assunto. Elas já sabiam o que se passava. MENOS EU (gravem esta palavra também). Chegou a hora de ir embora...e eu nada!
"-Preciso ir", eu disse. "-Seu carro está longe...vou com você até lá", ela insistiu.
Eu, com a chance na mão de realizar algo que tanto lutei: "Nãããããããããão". Nesta hora do campeonato, meu amigo, o que você acha que ela queria? Então...qualquer pessoa normal diria: ELA TE QUER. Mas, estamos falando de trocar o certo pelo duvidoso e todos, menos eu entendi. O que homem faz quando está apaixonado? Já sei...manda a mulher não te acompanhar até o carro com medo dela voltar pro bar e ser assaltada por que seu carro estava longe. Da próxima vou parar perto.

5 de abr de 2010

Corrente do bem



Seja bonzinho. Seja alegre. Seja amigo.
Seja uma pessoa que deseja o bem para o próximo e deixe de lado aquele velho sentimento de raiva alheia...seja feliz. Pois é, agora você pode sorrir para aquele seu amigo que deu uma pulseira cor preta para sua filha. E o pior: Era apenas pra ser uma pulseira. Coisa de americano? Fiquei sabendo que é coisa de americano pelas notícias.
Americano quando não é idiota é gordo. E vice-versa. Sim, é regra. E quando é idiota E gordo, faz significado sexual para pulseiras inocentes. Alguns americanos magros servem pra alguma coisa. Tem que servir. Eu parado aqui pesando não arranjei nenhuma serventia. Mas é que eu comprei uma pulseira cor verde musgo. Significa que sou burro...deve ser...pela lógica...

O Cinegrafista (amador)

Pois bem...
Agora está na moda este negócio de terremoto.
Por mais preparada que a população esteja os noticiários só vão te avisar quando o terremoto já tiver acontecido, concorda?
É aí que entra a importância de SABER sobreviver a um terremoto. E já vou avisando que não é difícil. Ao menor sinal de um
arroto vindo do chão, saia correndo que nem um filhote de pomba louca no meio da rua, grite que nem um débil enquanto grava tudo em um celular de câmera VGA (menor que 1/2 pixel de resolução, de preferência). Ah sim, o celular é importante para que depois o Willian Bonner te chame de cinegrafista amador em rede nacional. Ou seja, você está deitando, a terra treme, você se borra todo, sai correndo pra entender o que é, tua casa cai, teu cachorro fica manco, teu canário come poeira e você é reverenciado na tv como o incrível CINEGRAFISTA AMADOR. Não é justo.